Tipos de Estoque: Saiba quais são os Principais e Escolha o Melhor

Administrar o estoque é importante para o sucesso da sua empresa, porém, é preciso conhecer quais tipos de estoque existem e então escolher o melhor modelo para o seu negócio.

Essa escolha deve ser feita com cuidado, sempre pensando em ter um estoque fácil de ser gerenciado, que garanta um rápido atendimento e que atenda as necessidades de sua empresa.

Lembrando que o estoque detém materiais parados e é preciso se preocupar com a forma que estes produtos são armazenados.

Isto, para impedir prejuízos, o que torna a boa administração do estoque ainda mais importante.

Acompanhe este artigo e entenda muito mais sobre a gestão e os Tipos de Estoque.

O que é Estoque?

O estoque é o espaço onde você armazena matérias primas para a produção do produto final. Assim como materiais para o processo fabril, produtos já acabados e prontos para serem comercializados ou ainda peças de manutenção.

O mesmo é utilizado para um melhor funcionamento de uma empresa que estoca mercadoria, ajudando com organização e otimização.

Logo, é preciso que empreendedores conheçam os tipos de estoque, pois se trata de um espaço indicado tanto para fábricas, quanto para comércios, depósitos e outros tipos de negócios.

Entenda a importância da gestão de estoque

Escolher um entre os setes tipos de estoque existentes deve ser uma das principais medidas a serem tomadas.

Mas se você já tem um estoque e o modelo não está servindo corretamente a sua empresa, pode ser uma boa hora para mudar o estoque e encontrar uma opção mais viável.

Na hora de escolher o melhor deles é preciso pensar no tipo de material a ser armazenado, no espaço disponível e, principalmente, no fluxo de vendas.

O estoque deve facilitar esses processos, e a boa gestão impedirá desperdícios e prejuízos.

Por isso é indicado que a gestão de estoque seja um trabalho da equipe de logística e que todos esses itens constem na administração.

Isto, para que o controle de estoque seja eficiente para todos os setores da empresa, permitindo maior controle, gestão, facilidade em consulta e agilidade no despacho dos produtos.

Conheça os Principais Tipos de Estoque

1- Estoque de Antecipação / Sazonal

O estoque de antecipação, também chamado de estoque sazonal, é indicado para empresas que, diante da previsão de uma alta demanda, precisam elevar a produção e preparar produtos para entrega naquele período específico.

Um exemplo sobre este tipo de estoque são épocas como o Natal, a Páscoa, ou campanhas de liquidação, como a Black friday.

2- Estoque de Ciclo

Para empresas que possuem uma grande rotatividade de produtos, o estoque mais adequado é o estoque de ciclo.

Este é um dos tipos de estoque que faz sentido para empresas que possuem vários produtos.

E que precisam criar um planejamento de estoque de acordo com o ciclo produtivo de cada uma das mercadorias, para conseguir suprir a demanda do mercado sem ter prejuízos.

3- Estoque de Proteção

Empresas de setores automobilístico ou de alimentos podem precisar de um estoque isolador.

Ele tem como objetivo proteger as operações em casos de grande demanda, baixa demanda e até diante das incertezas de fornecimento de novas mercadorias.

4- Estoque de Canal

Entre os tipos de estoque, este é para empresas que utilizam o transporte de mercadorias em veículos como caminhões.

A forma como os produtos serão transportados faz parte da gestão de estoque, por isso chamamos de estoque em trânsito.

Operações como monitoramento de carga também devem ser analisadas nesses casos.

5- Estoque Inativo

Mercadorias que não tiveram um bom desempenho nas vendas devem ser direcionadas para o estoque inativo.

O comerciante precisará de ideias para conseguir escoar esses produtos.

Por exemplo, negociar com os fornecedores para trocar a mercadoria ou planejar saldões para que um preço menor atraia o cliente final.

6- Estoque Máximo

O estoque máximo trabalha com uma quantidade máxima de produtos para um período previamente determinado.

O gerenciamento deste tipo de estoque deve ser feito considerando o limite mais alto para a aquisição de mercadorias que o espaço permite.

A vantagem deste tipo de estoque é poder negociar na compra de um grande número de peças, podendo repassar a economia para o consumidor, o que pode ser interessante para alguns comércios.

7- Dropshipping

Com o crescimento das lojas virtuais, o Dropshipping, ou estoque na fonte, se torna o modelo de estoque mais recomendado para e-commerce, pois o estoque utilizado é o do fornecedor.

Nesses casos, o revendedor não precisa estocar mercadoria, faz a venda e o fornecedor é quem se responsabiliza pela entrega do produto.

Texto por: Flávia Scalon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *